quarta-feira, 6 de junho de 2012

A viagem de Joana


                                                
         Um dia, Joana se inscreveu em um sorteio, o prêmio era uma viagem a Paris. Joana ficou empolgada, esperou, esperou e esperou. Quando chegou o grande dia do sorteio, reuniu os amigos na frente da TV e o número “126” tinha sido sorteado!
Esse tal número “126,” era o de Joana! Joana ficou muito feliz, os pais dela também!
Podia convidar 20 pessoas! Joana convidou 10 amigas e o resto tudo parentes! Os pais e a família leram o manual de regras para a viagem, leram, leram e entenderam...
Podia escolher qual dia do mês queriam viajar. Os familiares estavam tudo decidindo: Ah, esse dia eu não posso... ou: Ah, esse dia eu tenho um aniversário!
Até que enfim decidiram... vai ser no dia 17/6/12 Joana ficou toda feliz! Foi combinando com as amigas e amigos... Quando chegou o dia da viagem, Joana ligou para as amigas e amigos para confirmar, e todos tiveram confirmado! Quando foram para o avião, Joana quase vomitou...Quase, mas a amiga Karine tapou a boca da Joana...depois Joana ficou melhor!
Quando chegaram, tinham que escolher um trio... Karine, Joana e Martha. No quarto delas, tinha computador, triliche, (Joana no do meio, Karine embaixo e Martha em cima...) quando chegou a hora de dormir as amigas escovaram os dentes, colocaram os pijamas e as pantufas, e foram para a cama... Quando amanheceu, Joana que acordou primeiro foi ao banheiro, lavou o rosto, escovou os dentes e tomou um banho... Acordou as amigas e elas repetiram o mesmo que Joana, tomaram o café da manhã e Joana acordou seus pais. Os pais de Joana deram um beijo na filha, a filha ficou toda feliz! E começaram as atividades!
Joana ficou toda feliz! Quando a equipe de Joana marcava um ponto, ela ganhava um brinde! Tinha mais umas 30 equipes, Joana fez seu próprio juramento naquele dia, que era: não ficar triste se ela perder em algum concurso ou nos campeonatos... Então o juiz explicou: vocês tem 30 minutos para levar o ovo na colher e ir até o final! Em 3, 2, 1 e já! Todo mundo com pressa, todo mundo empolgado, todo mundo alegre! Foram correndo e com o ovo se mexendo! Quando Joana estava quase chegando, ela olhou para traz e as outras equipes estavam atrapalhadas, muito atrapalhas! Joana olhou para frente e correu, correu e correu. E perdeu! A sua equipe ficou “de cara”! O que Joana pensou é que pelo menos participou de uma partida, fez um ponto, ganhou um ursinho de pelúcia e ganhou de forma justa. Depois o juiz disse: alguém tem alguma dúvida?
Sua amiga levantou a mão, e perguntou sua dúvida: deixa eu ver se eu entendi, se a Larissa ganhar é ela que vai receber outro prêmio ou todos da equipe ganham? E o juiz respondeu: é isso mesmo, só aquela que marcou o ponto ganha! Agora vamos escolher mais umas 3 ou 4 atividades. Quem quer esconde-esconde? Umas 17 crianças levantaram a mão, depois ele falou: Quem quer pega-pega? Umas 21 ou 26 levantaram a mão, depois o juiz disse: quem quiser qualquer um, é só não levantar a mão, que se a maioria das crianças votarem em qualquer coisa, vai ser sorteado. O juiz continuou: a ultima é pega- sardinha! Umas 14 ou 15 levantaram suas mãos. O juiz disse que ganhou a “qualquer coisa” então ele foi escrevendo os nomes das brincadeiras, ele também falou que iam ser mais brincadeiras do que ele tinha dito! Todas as crianças ficaram um pouco mais empolgadas! E muito empolgadas! Então começaram a jogar e disputar e disputar... O juiz disse: vai começar agora! Três, dois, um e zero! Joana olhou para trás e todo mundo estava de novo lá atrás, só uma amiga que era da sua equipe, mas elas não estavam no mesmo quarto. Joana perdeu de novo, mas sua amiga ganhou! Ela ficou muito feliz! Seus pais também... Então, o juiz deu um intervalo, e antes de dar esse intervalo, o juiz disse que só o time de Joana, fez pontos e o juiz entregou outro prêmio, porque não tinha entregue o prêmio do acerto de Joana... Joana abriu o presente e se encantou! Era um bichinho coisa mais linda, ela amou quando percebeu que era um bichinho de verdade, quase chorou de alegria!
Passou o intervalo todo correndo para achar a mãe e o pai... Quando Joana achou os pais, ela implorou: por favor, deixem eu ficar com ele! É tão fofo! Os pais de Joana deixaram o bichinho ficar com ela... Ela pulou de alegria... O juiz apareceu e terminou o intervalo. O juiz disse: em seus lugares, preparar e já! Começaram a disputa! De novo Joana perdeu... ela ficou triste, mas pensou no que havia prometido a si mesma! Era a última partida e o juiz disse: “acabou a brincadeira, agora peguem suas coisas e vão tomar um banho!” Joana ficou feliz por ter brincado e jogado com seus amigos de forma justa e alegre! Arrumou suas coisas e foi embora! Joana fez outro juramento naquele dia, que era: eu vou usar o meu primeiro juramento para sempre!

E FIM!!!!!!!!




   






4 comentários:

  1. Meu docinho, a dinda está apaixonada pelas tuas histórias. Essa última teve no final uma mensagem muito bonita para as pessoas... continua assim, postando histórias lindas!!! Te amo minha escritora!!

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. que bom giulia...as tuas tmb sao legais...!e muito! :)

      Excluir